KISMIF Conference

Comprar e vadiar no Porto

“Afinal, o Porto, para verdadeiramente honrar o nome
que tem, é, primeiro que tudo, este largo regaço aberto
para o rio, mas que só do rio se vê, ou então, por estreitas
bocas fechadas por muretes, pode o viajante debruçar-se
para o ar livre e ter a ilusão de que todo o Porto é a Ribeira.

José Saramago

 

A oferta é muita e diversificada, dependendo dos interesses individuais. Deixamos, contudo, algumas sugestões de áreas da cidade com uma oferta de lojas que achamos mais interessante.

Na zona da Baixa, mais especificamente na Rua Miguel Bombarda e ruas adjacentes (como a Rua do Rosário), encontramos uma zona conhecida pela grande concentração de galerias de arte, mas onde também estão localizadas várias outras lojas dedicadas ao comércio de mobiliário e de objetos retro e vintage (como Artes em Partes, Patch Porto e outras), galerias de ilustração (Ó Galeria), livrarias alternativas (Gato Vadio e Inc), lojas de roupa, entre outras.

Na Rua da Picaria, na Rua do Almada e Rua da Conceição, encontramos as principais lojas de discos da cidade – todas a menos de cinco minutos umas das outras! Vale a pena conhecer o espaço da Matéria Prima, uma loja de música histórica da cidade, especializada em sonoridades alternativas de diferentes latitudes, que alberga no mesmo espaço a galeria Dama Aflita, especializada em ilustração e desenho. A Louie Louie possui um catálogo diversificado de discos novos e usados de diferentes estilos. Finalmente, a Porto Calling é especializada em vinil.

Nestas ruas e ruas adjacentes da Baixa do Porto e Centro Histórico encontram várias outras lojas de roupa e calçado e sobretudo uma grande concentração de livrarias alfarrabistas, que podem fazer a vossa delícia. Fica também nesta zona a Livraria Lello, localizada junto à Torre dos Clérigos, que foi já considerada uma das mais bonitas do mundo, pelo que não devem deixar de visitá-la!

Durante o fim-de-semana, sobretudo ao sábado, encontram vários pequenos mercados de rua com uma oferta diversificada de produtos: discos, livros, cartazes, roupa, acessórios, comida e muito mais. Contudo, a Feira da Vandoma, a histórica feira do Porto que se realiza aos sábados de manhã, nas Fontaínhas junto à Ponte do Freixo, é um ponto de visita incontornável não só pelas oportunidades que aqui podem encontrar, mas sobretudo pelo ambiente único com uma vista incrível sob o rio Douro.

Para simplesmente passear, há inúmeros locais da cidade do Porto que vale a pena conhecer e explorar. Em plena cidade existem vários parques verdes que vale a pena conhecer: os Jardins do Palácio de Cristal, que ficam bastante próximos Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde se realiza a KISMIF Conference (a meio caminho da Baixa e da Ribeira); o Parque da Cidade, junto ao mar; e os bonitos jardins do Parque de Serralves, onde fica também localizado o Museu de Arte Contemporânea, da autoria de Siza Vieira – a não perder!

Centro Histórico da cidade é, desde 1996,  Património da Humanidade pela UNESCO, sendo, por isso, sempre altamente recomendável um passeio a pé por toda a zona histórica medieval, a caminho da zona da Ribeira, junto ao rio Douro. Mas existem muitos outros espaços, em toda a zona da Baixa do Porto, que vale a pena conhecer, e que são bastante amigáveis para um passeio descontraído.

Finalmente, importa ainda referir que existem vários museus espalhados pela cidade do Porto, boa parte deles localizados na Baixa e Centro Histórico. Não deixem, portanto, de conhecer o que a cidade do Porto tem para oferecer e consultem a informação turística para saberem mais acerca das coleções, horários, preços e localizações.

 

<< Descobrindo o Porto

Comer e Petiscar

Sair, dançar e beber

Alojamento

 

 

Share

LOGO-KISMIF project
KISMIF Conference 2016_ Aftermovie
>>>