KISMIF Conference

Sair, dançar e beber no Porto

“O Porto é Só…O Porto é só uma certa maneira de me refugiar na tarde,
forrar-me de silêncio e procurar trazer à tona algumas palavras, sem outro fito
que não seja o de opor ao corpo espesso destes muros a insurreição do olhar.”
Eugénio de Andrade

 

Existem fundamentalmente dois pólos principais da oferta de animação noturna da cidade do Porto: a Baixa e a Ribeira. Na Baixa encontram uma grande variedade de espaços de animação noturna, (quase) para todos os gostos. Dos bares de tapas à discotecas, passando por clubes de pequena e média dimensão. Os bares, regra geral, fecham por volta das 2h da manhã, mas há alguns bares e discotecas que estão abertos até (pelo menos) às 6h da manhã.  A maioria destes espaços oferece dj set e live acts. Para assistirem a concertos ao vivo, procurem o Armazém do Chá, o Plano B, os Maus Hábitos e, por vezes, o Passos Manuel e o Café Au Lait. Fica também nesta zona uma das mais antigas e emblemáticas salas de concertos da cidade: o Coliseu do Porto. Nesta área localizam-se ainda os principais teatros da cidade: Teatro Nacional São João, Teatro Carlos Alberto, Teatro Municipal Rivoli, Teatro Sá da Bandeira e Mala Voadora.

Descendo a caminho da Ribeira, junto ao rio Douro, encontramos o Hardclub, um dos principais spots de concertos ao vivo, com duas salas de concertos, e uma oferta regular bastante dinâmica e diversificada. Na zona da Ribeira, encontramos vários restaurantes e bares de pequena dimensão, alguns deles com música ao vivo de karaoke. Para concertos, recomendamos O Meu Mercedes é Maior Que o Teu.

Do outro lado do rio, no Cais de Gaia, há também uma zona ribeirinha com bastantes bares e restaurantes. Durante o dia vale a pena visitar esta zona para conhecer os velhos armazéns de Vinho do Porto, onde se realizam visitas e provas de vinho.

 

<< Descobrindo o Porto

Comer e Petiscar

Comprar e vadiar

Alojamento

 

 

Share

LOGO-KISMIF project
KISMIF Conference 2016_ Aftermovie
>>>