‘A beleza do Porto é óbvia. É uma cidade que, de certa forma, é excêntrica. O Porto tem um carácter único: uma cidade estabelecida, com arquitectos estabelecidos, com uma cultura estabelecida. Assim, não será um único edifício que vai colocar a cidade no mapa, ela já está no mapa.’
Rem Koolhaas, Arquiteto da Casa da Música

 

Assim, para ABTA Travel Trends Report (2014), os turistas britânicos sempre amaram Portugal e, em 2013, com o número de visitantes aumentou mais de 8%. Com novos voos directos em 2014 para as principais cidades de Lisboa e Porto, os turistas experientes irão para estas duas belas e históricas cidades para uma pausa na cidade com uma diferença.’

“Quão bom é o Porto?” É  uma pergunta respondida neste site: oportocool.wordpress.com. Durante anos, o lema do Porto era, em essência, “Você já experimentou o vinho, agora  experimente a cidade! Mas hoje em dia a segunda maior metrópole de Portugal – uma cidade de encosta atraentemente desbotada de casas de cidade veneráveis e igrejas barrocas – não precisa mais costa sobre a reputação de seu famoso digestif. Um novo bairro de vida noturna repleto de música saem e uma cena criativa florescente apresenta tudo, desde um centro de design iniciante até a casa de música projetada pela avant-garde Rem Koolhaas, um espaço de concertos deslumbrante. E há uma grande notícia para enófilos também. Com o surgimento da região do Douro como um viveiro de vinhos tintos premiados – não apenas porto – o Porto pode agora intoxicar-lo com inúmeras safras, novos restaurantes ambiciosos e até hotéis temáticos de vinho.”(Seth Sherwood, NY Times, 2011)

É difícil encontrar algo a não gostar do Porto, em Portugal. Da sua deslumbrante estação Beaux-Arts aos seus bares frescos que servem a bebida de assinatura do Porto, esta encantadora cidade combina o melhor do antigo e do novo.(Nell McShane Wulfhart, NY Times)

Portugal is named after Porto. Apesar de ser uma cidade relativamente pequena – 41,42 km ², com uma população de 237.591 habitantes (2011) – O Porto tem uma rica e diversificada gama de entretenimento e oferta cultural que vale a pena conhecer. Para despertar a sua curiosidade, o Comité Organizador da Conferência KISMIF  oferece-lhe algumas sugestões para iniciar a exploração.

Veja também ‘Falling in love with the small but beautifully formed city‘, by Stephen Bailey (Independent)

Veja também  ‘People came to make noise’: Porto’s abandoned mall turned underground music hub‘, by Joel Barnett (The Guardian)

Veja também ‘Alternative Porto Guide‘, by Kami (Kami and the rest of the world)

Eating and snacking
Go out, and loose your self
Porto Trip(as)
Sleep in the clouds of Porto
Partners
Share

KISMIF 2020 ABSTRACTS

Submeta a sua proposta AQUI!